AEM-MS apreende balança irregular em fiscalização na Feira Central e orienta consumidores

Categoria: CONFIABILIDADE, FISCALIZAÇÃO | Publicado: sexta-feira, maio 4, 2018 as 17:05 | Voltar

Campo Grande (MS) – Estabelecimentos da Feira Central de Campo Grande que utilizam balanças para pesar seus produtos nas vendas ao consumidor foram fiscalizados pela AEM-MS (Agência Estadual de Metrologia) no dia 2 de maio. Foram fiscalizados 7 instrumentos, dos quais 4 foram aprovados, 2 foram reprovados e 1 foi apreendido.

Na ação da AEM-MS - órgão vinculado à Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e delegado do Inmetro – as reprovações dos instrumentos de medição foram motivadas por erros acima dos máximos admissíveis. A balança apreendida tratava-se de um modelo não aprovado pelo Immetro.

“Os fiscais da AEM-MS realizaram inspeção visual e ensaio metrológico nos instrumentos, procedimento padrão nas fiscalizações. A última ação da AEM-MS feita na Feira Central ocorreu em dezembro do ano passado”, lembra a diretora Técnica da Agência, Luciana Boni Cogo.

Selo do Inmetro já deve apresentar validade até 2019

Confira abaixo algumas dicas da AEM-MS que podem ser observadas pelos consumidores no momento de pesagem em balanças do comércio em geral:

- Verifique se o visor está partindo do zero;

- Observe se a balança está bem nivelada ou se não tem nenhum calço. O desnivelamento provoca erros de pesagem;

- Verifique se não há ligas, imãs ou objetos presos desequilibrando a balança. Não permita que a mercadoria seja retirada da balança antes que o ponteiro ou visor pare totalmente;

- Não aceite excesso de papel sobre o prato da balança;

- Nas balanças eletrônicas, confira sempre o preço por quilo digitado pela pessoa que faz a pesagem;

- Todos os dígitos deverão estar em pleno funcionamento;

- A balança não deverá estar exposta a corrente de ar;

- A balança deverá apresentar selo de verificação (que nesse caso deverá ter selo indicando ano 2019);

- A balança deverá estar devidamente lacrada.

Em casos de dúvidas, reclamação ou denúncia, a AEM-MS conta com um canal de comunicação com o cidadão por meio da Ouvidoria 0800675220; 3317-5779 ou pelo email ouvidoria@www.aem.ms.gov.br.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.