Agência de Metrologia de MS já opera com processos em ambiente 100% virtual

Categoria: NOSSO TRABALHO | Publicado: sexta-feira, agosto 9, 2019 as 14:09 | Voltar

Campo Grande (MS) – A partir de agosto, a tramitação interna de todos os processos da Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul (AEM/MS) passaram a tramitar em ambiente 100% virtual. A AEM/MS é o órgão delegado do Inmetro no Estado e vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), responsável pelo controle da qualidade de produtos e serviços oferecidos aos consumidores, e a exemplo de outros órgãos do governo do Estado – como a Jucems, o Imasul, a Iagro, todos vinculados à Semagro – alia-se à tecnologia para dar agilidade, simplificar e reduzir custos no processamento de dados.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro, lembra que o processo de digitalização dos serviços da AEM/MS começou em 2015, com algumas etapas sendo vencidas. Porém foi em novembro do ano passado, com a edição de Portaria pelo diretor presidente do órgão, Nilton Rodrigues, que ganhou celeridade. A portaria designou uma equipe para planejar e elaborar os procedimentos referentes à tramitação dos processos virtuais. “Entramos em tratativa com o Inmetro do Rio Grande do Sul, que tem know how no assunto, e por meio de videoconferências fomos adaptando o sistema, treinando a equipe, até migrar todo o serviço para o ambiente virtual”, conta.

Os fiscais da AEM/MS já trabalham em campo, nas vistorias e fiscalizações, com coletor de dados virtuais. A diretora executiva Laura Castro Carriello Rosa afirma que, por ano, dão entrada cerca de 4 mil processos na agência, resultantes dessas vistorias e autuações. Até julho esses processos eram físicos, o gasto com papel para impressão era enorme. “Temos processo com 300 páginas”, conta. Além da demora, burocracia e risco de perda de informações.

Verruck aponta as vantagens para o público atendido pela AEM/MS com o processo de digitalização dos dados e ressalta que esse é mais um órgão estadual a se adequar ao ambiente virtual, o que se traduz em modernidade, agilidade, celeridade e economia ao consumidor. “Temos a Junta Comercial que opera em ambiente virtual, derrubando o prazo para abertura de empresas que antes era de 34 dias para algumas horas. Temos o Imasul também já operando em ambiente virtual, a Iagro, enfim, todo o governo do Estado rapidamente adota tecnologia de ponta para melhor atender os cidadãos”.

Texto: João Herminio Prestes Viana

Publicado por: Marcelo Armôa

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.