ATENÇÃO: Lâmpadas incandescentes sairão do mercado

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, julho 1, 2016 as 08:29 | Voltar

ATENÇÃO: Lâmpadas incandescentes sairão do mercado

 

A partir de hoje (1º), o comércio não vai mais poder vender as lâmpadas incandescentes de 60 watts, as famosas “amarelinhas”. Das lâmpadas incandescentes domésticas, só vão continuar sendo vendidas as menos potentes, de até 40 watts.  Os fabricantes e importadores também não poderão mais fabricar lâmpadas incandescentes no mercado nacional. Porém, tem até 30 de dezembro de 2016 para comercializar a produção. Os atacadistas e varejistas terão até 30 de junho de 2017 para acabar com o estoque.  Os órgãos delegados do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) nos estados realizam a fiscalização no varejo. Fabricantes, importadores e comerciantes que não atenderem à legislação estarão sujeitos a penalidades previstas em lei, com multas que variam de R$ 100 a R$ 1,5 milhão.

A mudança leva em conta a eficiência energética e a partir de então, o consumidor terá basicamente as opções de lâmpadas halógena com bulbo, fluorescente compacta e Led. Todas gastam menos energia e duram mais. Uma lâmpada fluorescente compacta, comparada a uma lâmpada incandescente de luminosidade equivalente, economiza 75%. E se a opção for por uma lâmpada de Led, essa economia sobe para 85%.

lampadas-led

Denúncias e esclarecimentos podem ser registrados através da Ouvidoria da AEM/MS pelo telefone 0800 67 5220 ou pelo e-mail ouvidoria@www.aem.ms.gov.br.
Dúvidas, entre em contato através do telefone 67 3317-5770 ou e-mail qualidade@www.aem.ms.gov.br.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.