Inmetro incorpora itens de segurança ao Certificado de Inspeção para o Transporte de Produtos Perigosos

Categoria: FISCALIZAÇÃO, NOSSO TRABALHO | Publicado: quarta-feira, setembro 27, 2017 as 09:54 | Voltar

Após identificar casos recorrentes de falsificação do Certificado de Inspeção para o Transporte de Produtos Perigosos (CIPP), de porte obrigatório para veículos e equipamentos de transporte de produtos perigosos a granel, o Inmetro implementou novos requisitos de segurança no documento, a fim de mitigar a possibilidade de fraudes. O novo CIPP é composto por elementos controlados e com características que permitem identificar e rastrear sua origem. Os processos, técnicas, desenhos, tintas e codificação são únicos e formam uma composição equivalente a um DNA, inviabilizando reproduções fraudulentas.

“O novo certificado, que começou a ser emitido em agosto, é mais seguro e evita falsificações que vinham sendo detectadas pela Polícia Rodoviária Federal no ato de apreensão de documentos nas estradas. Importante salientar que este aprimoramento tecnológico não demandou investimentos adicionais do Inmetro, nem representa impacto no custo para o usuário final, o proprietário de veículos que transportem produtos perigosos a granel como, por exemplo, combustíveis e materiais corrosivos”, afirma Guilherme Pedrosa, chefe da Divisão de Acreditação de Organismos de Inspeção da Coordenação-Geral de Acreditação do Inmetro.

fonte: http://www.inmetro.gov.br/noticias/verNoticia.asp?seq_noticia=4181

 

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.