Inmetro registra crescimento na procura do sistema Alerta Exportador

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, setembro 2, 2016 as 13:28 | Voltar

Com a crise econômica, o empreendedor brasileiro começou a almejar ainda mais o mercado exterior. O Inmetro possui uma ferramenta nesse sentido: o sistema Alerta Exportador oferece aos empresários as informações necessárias para que um produto não tenha sua entrada barrada em outro país, por não estar em conformidade com as exigências locais. A procura por esse serviço do Instituto foi superior a 200%, quando comparado o intervalo de janeiro a julho de 2015 ao mesmo período de 2016, segundo dados da Coordenação-Geral de Articulação Internacional (Caint). Neste ano a maioria das consultas (16%) foi referente ao mercado americano, nos setores de alimentos, cosméticos e máquinas e equipamentos.

“Dentre os serviços similares que temos conhecimento no mundo, o Alerta Exportador do Inmetro é o que possui o maior número de usuários, contando atualmente com mais de 12 mil inscritos, que recebem gratuitamente por e-mail informações sobre todas as novas exigências técnicas notificadas pelos 164 países membros da Organização Mundial do Comércio (OMC), o que abrange a quase totalidade do comércio mundial”, explica o Chefe da Divisão de Superação de Barreiras Técnicas (Disbt), Diego Pizetta.

A obtenção antecipada da informação referente às novas exigências dos países de destino de suas exportações também permite às empresas nacionais adiantarem sua adaptação a elas ou, eventualmente, questioná-las em caso de descumprimento das disposições do Acordo sobre Barreiras Técnicas (TBT) da OMC. Contatar o Inmetro é fundamental nesta segunda situação, para que o governo possa buscar uma solução bilateralmente junto ao país emissor ou multilateralmente junto à Organização.

No Brasil, o Inmetro é o Ponto Focal do TBT da OMC. Além disso, também cabe à Autarquia informar a entidade internacional sobre todas as alterações ou novas exigências técnicas a produtos que vierem a ser implementadas no país.

Interessados em obter mais informações sobre o serviço podem acessar a página do Alerta Exportador.

fonte: http://www.inmetro.gov.br/noticias/verNoticia.asp?seq_noticia=3932

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.