Operação Especial de Inverno

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, junho 21, 2016 as 10:45 | Voltar

A Agência Estadual de Metrologia (AEM-MS), órgão do governo do Estado vinculado à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade) e delegado do Inmetro, realizará em Campo Grande entre os dias 27/06/2016 e 01/07/2016, a Operação Especial Inverno.

Serão fiscalizados os produtos têxteis em geral e os colchões de espuma flexível de poliuretano e os colchonetes de espuma flexível de poliuretano.

Entre os produtos estão:

  • Roupas femininas, masculinas, infantis e outras;
  • Colchões tradicionais (de uso geral, infantil e hospitalar);
  • Colchões box conjugados (ou monobloco ou unibox);
  • Colchões mistos; Colchões auxiliares, e Colchonetes;
  • Colchões hospitalares que não possuam indicação de uso para prevenção, tratamento ou reabilitação em seres humanos, ou seja, aqueles que não são de competência da Anvisa.

A fiscalização tem como objetivo identificar se os fabricantes estão fornecendo ao mercado colchões em acordo com a certificação obrigatória que garante que esses produtos passaram por testes de qualidade, resistência e conforto, além de apresentarem todas as informações necessárias para o consumidor.

Orientação para o consumo

O consumidor precisa ficar atento na hora de escolher e comprar um colchão. Para isso, é importante observar se nos colchões e colchonetes de espuma existe a etiqueta fixada de forma permanente ao revestimento, constando as seguintes informações:

- Nome e CNPJ do fabricante ou importador;

- Marca e modelo do produto;

- Dimensões do produto (altura, comprimento e largura);

- Composição qualitativa dos componentes do colchão;

- Classificação do produto: simples ou composto;

- Tipo(s) de espuma(s) utilizados, exceto a do revestimento;

- Densidade nominal;

- Para colchão composto, indicar as densidades nominais da lâminas e suas espessuras, exceto a do revestimento;

- Composição do revestimento (tecido, espuma e outros materiais);

- Data de fabricação (mês e ano);

- País de fabricação;

- Cuidados mínimos para conservação do produto.

No caso de produtos têxteis é importante verificar a etiqueta. Uma das obrigatoriedades é a indicação da composição têxtil, importante informação para os consumidores, na medida em que busca a prevenção de reações alérgicas a determinadas fibras têxteis e/ou filamentos têxteis, assegurando uma clara identificação dos produtos em toda cadeia têxtil, proporcionando, assim, a confiabilidade na escolha na aquisição da matéria prima e um perfeito controle em todo segmento.

Da mesma forma, é obrigatória a informação das características do tratamento de limpeza, auxiliando nos procedimentos de conservação do produto ao longo de sua vida útil, buscando assegurar um melhor produto ao consumidor brasileiro.

Excluem-se dessa fiscalização os colchões de molas, os colchões de espuma flexível cilíndricos; colchões pneumáticos (ou infláveis); colchões elétricos; colchões de água; colchões de látex; colchonetes exclusivamente do tipo caixa (ou casca) de ovo; colchonetes elétricos, colchonetes de camping; colchonetes para ginástica; colchão/colchonete para berços dobráveis; colchão/colchonete para carrinhos de bebê; colchão/colchonete hospitalar registrado pela Anvisa, colchão/colchonete para macas de resgate e/ou transporte; colchões de sofás-camas, quando acoplados de forma permanente, colchões para camas de campanha, quando acoplados de forma permanente, bem como as bases isoladamente (box).”

Denúncias e esclarecimentos podem ser registrados através da Ouvidoria da AEM/MS
pelo telefone 0800 675220 ou pelo e-mail ouvidoria@www.aem.ms.gov.br.
ou entre em contato através do telefone 67.3317.5770 ou e-mail qualidade@www.aem.ms.gov.br

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.